Concrete Logo
Hamburger button

As novidades da Apple e o Swift

  • Blog
  • 11 de Junho de 2014

Na última semana, rolou em San Francisco a Apple’s Worldwide Developers Conference 2014, mais conhecida como WWDC. Como de costume, a gigante mundial surpreendeu a todos com diversas novidades. Teve o anúncio do Healthkit, no qual seu smartphone pode virar um monitor de atividades físicas, do Homekit, com o qual o usuário vai poder coordenar aparelhos domésticos a partir de um gadget, e do Cloudkit, ferramenta gratuita para desenvolvimento de apps que utilizem a nuvem.

A Apple também anunciou algumas novidades no que se refere à integração. O Continuity, por exemplo, facilita usar o iMac e o iPad ao mesmo tempo. Basta deslizar um ícone no iPad para cima e a tela é compartilhada. Se você receber uma ligação no iPhone, o iMac vai mostrar uma janela para que você possa atender, inclusive usando os microfones do iMac. Se você estiver navegando em um site e aparecer um número de telefone, você também poderá ligar para ele diretamente. O recurso de Airdrop, que compartilha arquivos entre os mesmos dispositivos da Apple, também será disponível entre dispositivos diferentes. Essa novidade mostra bem o que a Apple está pensando como o futuro da plataforma e o novo paradigma de “seamless user experience”.

Porém, neste ano quem roubou a atenção de todos foi o Swift, a nova linguagem de programação da Apple. Pelos vídeos da Conferência, fica claro o entusiasmo de todos com a linguagem, que muito provavelmente se tornará em breve a primeira opção para desenvolvimento iOS, tanto dentro como fora da Apple. Para não perdemos tempo, criamos uma simples aplicação em Swift para mostrar um pouco da cara da nova linguagem e quão fácil é integrá-la com seu código em objc, permitindo que décadas de aprendizado não sejam “jogadas fora”.

Vamos ao passo a passo:

Lioy1

1 – Crie um novo projeto e selecione Swift como linguagem.
2 – Neste post, estou usando cocoapods com o AFNetwork só para demonstrar a interoperabilidade entre as linguagens.

Lioy2

3 – Dica: crie um novo arquivo em objc dummy para acionar o trigger de criação do bridge Header, que é a maneira com a qual você pode exportar o seu código objc para o Swift. No nosso caso, exportaremos o AFNetwork.

Lioy3

4 – O bridge é apenas um header file que configura quais classes do seu código estão expostas no Swift.

Lioy4

5 – Crie view controller no storyboard e linke com código Swift, seguindo a mesma linha de sempre. Portanto, nada novo por aqui. Podemos perceber que muito do boilerplate do objc foi
removido com o Swift, tornando o código muito mais limpo e expressivo.

Lioy5

6 – Pronto! O código fonte desse hello world Swift pode ser encontrado neste link no Github.

Lembrando que estamos só arranhando a superfície aqui, o Swift é uma linguagem muito poderosa e com o tempo mais exemplos e boas práticas vão emergir. De qualquer maneira, a melhor forma de se ambientar com uma nova linguagem é a prática. Novas features do xcode, como o playground, fazem ser bem mais fácil e divertido programar.

Nas próximas semanas, vamos postar projetos mais complexos que mostrem as novas features da linguagem, o novo Bots e outras melhorias do xcode 6. Fique atento! Se você tiver alguma dúvida até aqui, é só deixar aqui nos comentários. Até a próxima!